Joe relembra o dia que abriu o show para BB King joebbking Full view

Joe relembra o dia que abriu o show para BB King

Essa imagem foi feita na primeira vez que encontrei BB King, nos bastidores do Rochester Lilac Festival em Nova York. Eu era a banda de abertura para BB King. Foi o maior público que eu já tinha tocado até então – havia entre 4.000 e 5.000 pessoas na platéia.

Eu tinha 12 anos, e já tinha minha própria banda, anunciado como Smokin ‘Joe Bonamassa. Eu já tocava em alguns clubes em lugares como Buffalo e Scranton. tocando nos fins de semana; minha mãe não me deixava tocar nos dias de semana, porque eu tinha que ir à escola. Então me pergutaram, não quer abrir o show para BB King? É claro que eu quero abrir para BB King!! Live at the Regal é o meu álbum favorito; The Thrill Is Gone é a canção que eu queria ter em uma ilha deserta.

Eu comecei a tocar guitarra aos quatro anos. Meu pai ama música. Uma noite ele tocou Eric Clapton e Jeff Beck para eu ouvir, e eu pensei, isso é exatamente o que eu quero fazer. E então, eu posso ganhar a vida fazendo isso? Belisque-me.

A guitarra da foto é uma Fender Stratocaster 1972 vermelho carmesim. Meu pai comprou por US$ 340 na Big Apple Music em Utica, Nova York. Eu pedia para os guitarristas com quem eu tocava para eles autografarem. Há Buddy Guy, que assinou depois de beber um quinto de Jack Daniel na minha frente; Larry ‘Texas Flood’ Davis; Stephen Stills, que me convidou para um ensaio quando eu tinha 11 anos. BB King assinou pouco antes da foto ser tirada. Ele chamou sua guitarra de Lucille, depois que uma mulher e dois homens estavam brigando em um bar. Chamei a minha guitarra de Rosie, porque era vermelha.

Naquele verão eu toquei cerca de 20 shows com o BB King. Ele é a pessoa mais legal que eu já conheci no mundo da música. Ele é o blues, o blues é ele. Ele ainda está animado fazendo turnês. Eu não tenho certeza se ainda vou estar tocando The Ballad of John Henry com 89 anos. Mas eu olho para BB King  e é exatamente como eu quero viver minha vida. Ele foi o único que me disse, se você quer ver seu dinheiro, certifique-se que você é pago corretamente. Ele me ajudou a escrever a cartilha sobre o que eu estou fazendo agora.

De volta à escola naquele ano, o professor perguntou o que tinhamos feito em nossas férias e eu escrevi um relato detalhado da turnê com BB King.  A resposta do professor foi: ‘Por favor, pare de fazer coisas em sua casa de jujuba na Terra do Faz de Conta.’ Mas eu tinha o passe para os bastidores.

Leave a comment